quarta-feira, 29 de abril de 2009

A VIDA É UM ECO!

Hoje recebi uma LINDA mensagem de AMOR da nossa amiga Branca!
Como sempre, um contributo que não pode passar ao lado para o nosso Ginásio da Alma!

Vejam o filme




Vamos mudar o mundo, a começar por nós.
Um Abraço de Amizade


A VIDA NÃO É UMA COINCIDÊNCIA!

Uma criança e o seu pai caminhavam pelas montanhas.
De repente o miúdo cai, magoa-se e grita: Ai!!!
Para sua surpresa escuta uma voz a repetir: Aiiiiiiiiii!!!
Curioso, pergunta: Quem é?
Recebe como resposta: Quem ééééééééé?
Chateado, grita: Covarde!
E tem como resposta: Covardeeeeee!!!
Olha para o pai e pergunta aflito: O que é isso?
O Pai sorri e diz: Filho ouve com atenção!
Então o pai grita na direcção da montanha: Eu admiro-te!
A "voz" responde: Eu admiroo-teee!
De novo o homem grita: Tu és um campeão!
A voz responde: Tu és um campeãooooo!
O miúdo fica espantado sem perceber…

Então o pai explica: as pessoas chamam a isto o ECO; mas a verdade isto é a VIDA!
Ela dá-nos de volta tudo o que dizemos ou fazemos.
A nossa vida é simplesmente o reflexo das nossas acções. Se queres mais amor, tens de criar mais amor no teu coração. Se queres mais responsabilidade no teu grupo, tens de desenvolver a tua responsabilidade. Se queres mais tolerância das pessoas, tens de ser mais tolerante. Se queres mais alegria no mundo, tens de ser mais alegre.
Tanto na parte pessoal, como na parte profissional, a vida devolve o que tu lhe dás.

A VIDA NÃO É UMA COINCIDÊNCIA.
A VIDA É A CONSEQUÊNCIA DE NÓS PRÓPRIOS!!!


Obrigada Branca por nos lembrares disso!


sexta-feira, 24 de abril de 2009

25 de Abril - Sempre.

Portugal Ressuscitado

Depois da fome, da guerra
da prisão e da tortura
vi abrir-se a minha terra
como um cravo de ternura.

Vi nas ruas da cidade
o coração do meu povo
gaivota da liberdade
voando num Tejo novo.

Agora o povo unido
nunca mais será vencido
nunca mais será vencido

Vi nas bocas vi nos olhos
nos braços nas mãos acesas
cravos vermelhos aos molhos
rosas livres portuguesas.

Vi as portas da prisão
abertas de par em par
vi passar a procissão
do meu país a cantar.

Agora o povo unido
nunca mais será vencido
nunca mais será vencido

Nunca mais nos curvaremos
às armas da repressão
somos a força que temos
a pulsar no coração.

Enquanto nos mantivermos
todos juntos lado a lado
somos a glória de sermos
Portugal ressuscitado.

Agora o povo unido
nunca mais será vencido
nunca mais será vencido.

José Carlos Ary dos Santos

(Caxias, 26 de Abril de 1974)

Para que da nossa memória não se apague a esperança....

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Marta!

A Marta tem quatro anos!

É linda!

E precisa de nós! Vamos AQUI!



Anjinho da Guarda,
doce companhia...
Guarda a Marta,
de noite e de dia!


terça-feira, 21 de abril de 2009

Touro

Todos nós passámos, já, por momentos tenebrosos. Todos. Com mais ou menos experiência de vida. Mas, por um segundo que fosse, aliviámos o peso de alguma dor, de cabeça encostada na vidraça da janela. A contar pingos de chuva. Aos quais fazemos chegar outros tantos que da nossa alma os olhos recebem. Já fitámos o Sol. Sem lhe sentirmos o brilho. Apenas o desejo de lhe puxar um raio e , assim, iluminarmos quem amamos. E que sofre.
Cada um de nós tem um amor seu que sofre.
Olha-se para os lados. Em todas as direcções parece que ele vem. Que nos fita. E que nos finta.
Ele. O mau da fita. O vingador de infernos que não desejámos. Por mais que jamais o céu tivessemos implorado para o nosso dia-a-dia.
Ele aí está em grande. Olho à volta e vejo almas sangrentas, qual força interior...
A ele - ao mau da fita - já lhe ouvi chamar de tudo. Bicho, coisa má, "aquilo", porco, filho da puta.
Ultimamente, às voltas, com os pensamentos trocados, rodeada de livros, que médica não sou. Leio sofregamente por ajudas. Para a minha alma, que me dói. Que agora, verdadeiramente, conhece a dor de tantas mãos que aqui me apertam a minha, há que tempos.
Tem-me tocado. Na arena que a nós nos uniu, afinal, junta-se mais uma mulher. Uma das mulheres da minha vida.
Lembrei-me, ontem, de um nome para para ele.

Touro.

És um Touro. És sumptuoso. És gigantesco. Dominas.
Mas, com todo o respeito que o teu lombo e cornos possam sugerir, permite-me informar-te que, nas melhores touradas, nunca as palmas são para ti. Nunca as rosas são em tua honra. Nunca os homens chamam por ti. Não vi mulher alguma acenar-te o lenço.

Somos muitos. Somos muitas. Muita gente que reza, zela, luta para que o império e o sucesso na TUA arena passe a pertencer a outrém: aos nossos amores.

Em nome de todas nós - que todas temos um amor a quem acolher no teu terreno- desafio-te. Desafio-te, Touro, a impedir que as lágrimas de tantos de nós, hoje e amanhã, se desvaneçam de esperança, fé, união.
E acredita, meu caro... Que eu até gostava de touradas. Não se lembrassem os doutores de te chamar cancro.

És um touro.

Mas nós... Nós somos os melhores forcados que algum dia o público aplaudiu.

Um beijo no coração a cada um dos nossos amores.

sábado, 18 de abril de 2009

Nasceram hoje!


Como habitual aos sábados, fui à aldeia cuidar dos quintais e do jardim. Uma terapia para a alma que por vezes deixa o corpo bem dorido!

Hoje a Mila tinha novidades! 5 lindos porquinhos - da -Índia tinham nascido esta madrugada e ela veio apresentarmos dentro de um cesto com palhas. Vejam que ternura!

Na “corte” dos coelhos também havia novidade, 22 novos coelhinhos, de quatro mães diferentes conviviam alegremente com meia dúzia de outros porquinhos-da-índia!

E a Mila lá anda atarefada com a criação dos recos e dos coelhos para a churrascada!




segunda-feira, 13 de abril de 2009

Qual a melhor religião?



Breve diálogo entre o teólogo brasileiro Leonardo Boff e Dalai Lama.


Leonardo Boff explica:

"No intervalo de uma mesa-redonda sobre religião e paz entre os povos, na qual ambos participávamos, eu, maliciosamente, mas também com interesse teológico, lhe perguntei em meu inglês capenga:

- "Santidade, qual é a melhor religião?" .Esperava que ele dissesse:

"É o budismo tibetano" ou "São as religiões orientais, muito mais antigas do que o cristianismo"."

O Dalai Lama fez uma pequena pausa, deu um sorriso, me olhou bem nos olhos - o que me desconcertou um pouco, por que eu sabia da malícia contida na pergunta -e afirmou:

"A melhor religião é a que mais te aproxima de Deus. É aquela que te faz melhor." Para sair da perplexidade diante de tão sábia resposta, voltei a perguntar:

- "O que me faz melhor?" Respondeu ele:

- "Aquilo que te faz mais compassivo (e aí senti a ressonância tibetana, budista, taoísta de sua resposta), aquilo que te faz mais sensível, mais desapegado, mais amoroso, mais humanitário, mais responsável...

A religião que conseguir fazer isso de ti é a melhor religião..."

Calei, maravilhado, e até aos dias de hoje estou ruminando sua resposta sábia e irrefutável .


(Recebido por E-mail, da Branca)

sexta-feira, 10 de abril de 2009

* * * PÁSCOA * * *

Páscoa é ser capaz de mudar,

é partilhar a vida na esperança,

é lutar para vencer toda a espécie de sofrimento.

Páscoa é dizer sim ao amor e à vida,

é investir na fraternidade,

é lutar por um mundo melhor,

é vivenciar a solidariedade.

Páscoa é ajudar mais gente a ser gente,

é viver em constante libertação.

Páscoa é renascimento, é recomeço,

é uma nova oportunidade para melhorar

as coisas que não gostamos em nós.

É sermos felizes por reconhecermos

que hoje somos melhores do que fomos ontem.

domingo, 5 de abril de 2009

COINCIDÊNCIA?


Nada acontece por acaso. Mas quanto mais acredito em coincidências, mais sei que elas não existem.

Coincidências são algo que tem que acontecer para mudar a nossa vida, para percebermos qual o caminho a seguir.


De há um ano para cá, as ‘coincidências’ sucederam-se.
Uma infelicidade que atingiu uma pessoa que amo (porque ele existirá sempre para mim), abriu-me novos caminhos. Caminhos na compreensão do meu ser e do que me rodeia.

O Filipe, a Raquel, a Maria, a Paula Padinha, o Reiki, a Ângela, o Salvador, a Branca, o Vasco, e finalmente o Reiki I - Shoden!


Coincidências????
Hum…

Mais tarde, a Eugénia falou-me num livro. Já o comprara há muito tempo, nunca o tinha lido, agora estava a lê-lo e a adorar.
Mais tarde a Ângela, achou que eu devia ler um livro… Onde é que eu já tinha ouvido falar nele? Ah! A Eugénia!

Há poucas semanas sento-me no comboio e um desconhecido senta-se à minha frente e pega num livro para ler… A Profecia Celestina… tenho mesmo de ler!

E agora percebo porquê…
A Eugénia, a Ângela, o desconhecido… e o livro começa por falar de quê?
Coincidências!!

Coincidência???

Uma história de acção que encerra ensinamentos especiais.
De alguma maneira, senti uma necessidade de evoluir, sinto a energia a fluir como nunca!

Esta semana, ao fazer o passeio habitual ‘entre sites’, a minha mãe visita o site do Vasco. Curso Reiki nível II… Apetece-me arriscar…

Coincidências??


O certo é que cada dia acredito mais que o Filipe esteve connosco para nos mostrar o caminho. E agora somos nós que temos que escolher como segui-lo!